Café Pelé reproduz capa do Estadão em embalagens de café

Alimentos | 2016-07-20 10:10:14

Com o objetivo de provar que o café Pelé é envasado diariamente, o Café Pelé procurou a agência Lew´Lara para que  fosse realizada uma ação de marketing. Chegaram à conclusão de que levar a capa de um jornal do dia para as embalagens era a melhor maneira de se provar que o produto é fresco, uma vez que, a capa de jornal sempre foi uma referência de tempo.

Após a decisão de que seria feita a ação com a capa do jornal O Estado de São Paulo, começou uma corrida contra o tempo. Uma semana depois do primeiro teste, as embalagens finais já estavam no mercado. Assim que a edição do jornal de sexta-feira, dia 08 de abril de 2016, foi fechada, por volta de meia-noite da quinta-feira, o arquivo digital com a capa foi enviado para a área de design da agência para criar a embalagem e então para produção.

Carmargo Embalagens recebeu os arquivos por volta de uma hora para realizar a impressão em sua impressora HP Indigo 20.000 – única na América Latina. Por volta de 04h30min as bobinas estavam finalizadas e enviadas à fábrica do Café Pelé, em Barueri, onde ocorreu o envase.  Foram produzidos cerca de cinco mil pacotes de café à vácuo, que em poucas horas chegaram às gôndolas do mercado Mambo.

Para provar que as noticias impressas na embalagem eram “frescas”, exemplares do jornal foram expostos nas prateleiras junto com o café. Quem comprou o Café Pelé, levou um exemplar do Estadão de brinde.

A ação realizada pela Café Pelé, mostra a viabilidade técnica da impressão digital com a mesma segurança de uma embalagem com impressão convencional. O case do Café Pelé mostra que a impressão digital tem o time to Market e que a embalagem pode ser usada como mídia eficiente e barata, e neste caso, fala diretamente com o consumidor na hora da compra, pois apresentou noticias no dia.

(Fonte: Camargo Embalagens